Vulcão Puyehue, no Chile: cinzas avançam e cancelam voos no Brasil

O avanço das cinzas do vulcão sobre o espaço aéreo do sul do Brasil prejudica as operações nos aeroportos da região

São Paulo – Adormecido desde 1960, o vulcão chileno Puyehue entrou em erupção no dia 4 de junho após um terremoto, e desde então tem gerado transtornos por onde suas cinzas avançam.  Na noite desta quinta-feira, a Gol, a TAM, a Webjet e a Azul anunciaram a suspensão temporaria das operações no aeroporto de Porto Alegre e em outros da região Sul. Todos os vôos com saída no Brasil para Buenos Aires foram temporariamente cancelados.

A erupção proporcionou algumas imagens espetaculares. No Chile, cinzas cobriram a paisagem noturna em meio à uma tempestade de raios. Com o passar dos dias, a coluna de fumaça espalhou-se e as autoridades tiveram de evacuar várias cidades da região. A camada de cinzas pode ser percebida desde o solo até uma altura de 7,5 quilômetros, segundo o comunicado divulgado pelas autoridades.

Na zona da erupção, 900 quilômetros ao sul de Santiago, as cinzas e pedras vulcânicas arrastadas pelos leitos de água mataram 4,3 milhões de peixes.

Veja na galeria imagens da gigantesca erupção.