Única vítima fatal em acidente de trem nos EUA é brasileira

Fabíola trabalhava como advogada, com experiência na área jurídica e de negócios, era casada com um filho

São Paulo – A brasileira Fabíola Vittar de Kroon, de 34 anos, é, até o momento, a única vítima fatal em um acidente de trem em Nova Jersey, Estados Unidos, na manhã desta quinta-feira (29). Ao menos 108 pessoas também ficaram feridas.

De acordo com reportagem da NBC, Fabíola trabalhava como advogada, com experiência na área jurídica e de negócios, na empresa de software SAP. Seu marido estava fora da cidade e o filho do casal estava na creche. A família havia se mudado recentemente para a cidade de Hoboken, em Nova Jersey.

Por volta das 8h45 locais (9h45 de Brasília), um trem não parou quando chegava na estação, se chocando contra a infraestrutura do local. Fontes oficiais afirmam que Fabíola estava parada na plataforma na hora do acidente.

Segundo a porta-voz da Autoridade de Transportes de Nova Jersey, Jennifer Nelson, o trem transportava 250 passageiros e ainda não se sabe por que não conseguiu reduzir a velocidade ao entrar na estação. Investigações preliminares apontam que a colisão pode ter sido acidental ou causada por um erro do operador.

Um funcionário do sistema de trânsito relatou que o trem colidiu com um bloco de concreto na entrada da estação. Com a força do impacto, ele saiu do trilhos e colidiu com o teto do terminal.