Violência no ES suspende viagens de trens entre Vitória e Minas

Nesses dois dias, o trem operará apenas entre Belo Horizonte e Governador Valadares, na região leste de Minas Gerais

Belo Horizonte – A Vale, operadora do trem de passageiros da Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM), suspendeu ao menos entre esta quinta-feira, 9, e sexta-feira, 10, a circulação da composição no trecho que passa pelo Espírito Santo – Estado que enfrenta problemas de segurança por causa do motim da Polícia Militar, que já está em seu sétimo dia.

Nesses dois dias, o trem operará apenas entre Belo Horizonte e Governador Valadares, na região leste de Minas Gerais.

A empresa afirmou, por meio de nota, que a suspensão ocorreu “em função do cenário atual”. “A empresa tem avaliado diariamente o cenário ao longo da linha férrea visando a garantir o atendimento aos passageiros”, informou o texto.

Passagens

Usuários com passagem comprada para o período poderão remarcar o bilhete ou pedir reembolso, o que pode ser feito nas estações do trem ao longo do trajeto, no prazo de 30 dias.

O Vitória-Minas é o único trem de passageiros de longa distância com operação diária em funcionamento no País.