Vida de Dilma Rousseff vai virar filme

O produtor Antônio de Assis já comprou os direitos do livro "A Primeira Presidenta", que deve basear o roteiro

Brasília – O produtor Antônio de Assis planeja levar ao cinema a vida da presidente Dilma Rousseff, a primeira mulher a ocupar o cargo no país, segundo informou nesta segunda-feira o jornal “Folha de S. Paulo”.

O roteiro será baseado no livro “A Primeira Presidenta”, escrito pelo jornalista Helder Caldeira e cujos direitos foram comprados por Antônio de Assis, que ainda não decidiu quem será o diretor.

O projeto é similar ao que levou às telas parte da vida do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no filme “Lula, o Filho do Brasil”, dirigido por Fábio Barreto.

“Queremos explicar como uma mulher que foi torturada há 40 anos pela ditadura era a mesma mulher que estava na TV passando as tropas em revista como comandante-em-chefe” das Forças Armadas, indicou Caldeira.

Caldeira declarou que seu livro não é tecnicamente uma biografia de Dilma, mas a vida da presidente serve como fio condutor para um relato analítico sobre a ditadura e seu impacto na sociedade brasileira.

O papel de Dilma foi oferecido à atriz Marieta Severo, de 64 anos, que agradeceu o convite, mas afirmou que só dará a resposta final depois de ler o roteiro.