Vereadores são presos em AL negociando votos

Candidatos portavam ao todo R$ 38 mil para pagar eleitores que teriam aceitado votar neles

Maceió – Dois candidatos a vereador foram presos em flagrante por agentes da Polícia Federal, no fim desta tarde, no município de Coruripe – a 84 km de Maceió – acusados de compra de votos nas eleições municipais. Dalmo Porto Souza (PSDC) e Mesaque da Silva Padilha (PMDB) foram detidos em suas residências, com R$ 6 mil e R$ 32 mil, respectivamente.

No momento do flagrante, centenas de eleitores aguardavam o pagamento pela venda de voto, segundo os agentes federais. Os dois acusados foram encaminhados para a sede da superintendência da PF, em Maceió, ouvidos e liberados, mediante o pagamento de fiança.