Bolsonaro: Justiça vale para todos; veja reações à prisão de Temer

No Twitter, cinco dos dez assuntos mais comentados nesta quinta-feira no Brasil têm relação com a prisão do ex-presidente Michel Temer

São Paulo — O ex-presidente da República Michel Temer foi preso na manhã desta quinta-feira (21), pela Operação Lava Jato do Rio de Janeiro.

Ao desembarcar em Santiago, no Chile, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que a prisão do ex-presidente foi resultado dos acordos políticos feitos pelo emedebista em nome da governabilidade. “O que levou a essa situação, pelo que parece, são os acordos políticos dizendo-se em nome da governabilidade”, disse Bolsonaro, quando perguntado sobre a prisão de Temer.

Ele procurou se diferenciar do antecessor afirmando que governa sem esse tipo de acordo. “A governabilidade você não faz com esse tipo de acordo, no meu entender. Você faz indicando pessoas sérias e competentes para integrar o seu governo. É assim que fiz no meu governo, sem acordo político, respeitando a Câmara e o Senado brasileiro.”

Por duas vezes, Jair Bolsonaro declarou que a Justiça é para todos.”Cada um responda pelos seus atos. A Justiça nasceu para todos”, disse, sobre Temer.

Em nota, o Partido dos Trabalhadores (PT) afirmou que “Temer assumiu a presidência em um golpe deplorável”. Já Major Olímpio, líder do PSL no Senado, postou em seu perfil no Twitter “cadeia é para todos aqueles que dilapidaram o patrimônio do povo brasileiro”.

Guilherme Boulos (PSOL), tuitou que “Temer é um bandido que já deveria estar preso há tempos” e escreveu que “espera que sua prisão não sirva pra fortalecer xerifes de toga, que se consideram acima da lei, nem pra desviar da crise do desgoverno de Bolsonaro”.

No Twitter, cinco dos dez assuntos mais comentados nesta quinta-feira no Brasil têm a ver com a prisão de Temer. O sobrenome do ex-presidente, o do juiz Marcelo Bretas, que decretou a prisão de Temer, do ex-ministro Moreira Franco e de mais seis pessoas, e “Vampirão” (apelido que Temer ganhou durante seu mandato) são três dos termos mais citados na rede social.

Veja alguns dos tuítes sobre a prisão