Vaquinha do MBL arrecada apenas 4% do esperado a 4 dias de evento

Até agora foram arrecadados apenas R$ 1.080 dos R$ 25 mil pedidos; dos sete doadores, cinco ofereceram R$ 10 cada

São Paulo — Uma vaquinha online do Movimento Brasil Livre (MBL) para o 2º Congresso Nacional da organização arrecadou apenas 4% do valor esperado.

Até agora foram arrecadados apenas R$ 1.080 dos R$ 25 mil pedidos faltando apenas 4 dias para que o evento aconteça. Dos seis doadores, quatro ofereceram R$ 10 cada. Os outros dois aparecem como anônimos e somam juntos R$ 1.030.

Além da baixa arrecadação, também era pequeno o valor dos brindes oferecidos como contrapartida à doação. Por exemplo, para doar R$ 200 para a campanha de arrecadação, o doador receberia apenas um ingresso para o evento como contrapartida, o dobro do valor real da entrada para o evento.

Vaquinhas anteriores do MBL tiveram final bem diferente. Em maio do ano passado, a arrecadação para a Marcha para a Liberdade obteve R$ 59,3 mil, quase o triplo do esperado na época, que era R$ 20 mil.

O grupo ganhou destaque após organizar protestos em apoio ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) no ano passado e no início deste ano.

Polêmicas

Apesar de também vender, em seu site, planos mensais para seus apoiadores em troca de brindes e participação nas discussões e eventos do grupo, o MBL já se envolveu em polêmicas sobre a participação de partidos para financiar suas ações.

Segundo reportagem do portal UOL publicada em maio, o grupo teria recebido apoio financeiro de partidos políticos para a impressão de panfletos e uso de carros de som em manifestações pelo impeachment de Dilma.

Em áudios, um dos coordenadores do MBL Renan Antônio Ferreira dos Santos e o secretário da Mobilização da Juventude do PSDB do Rio de Janeiro, Ygor Oliveira, confirmam a ajuda do PSDB, DEM e PMDB para realizar os protestos do dia 13 de março deste ano.

Segundo a reportagem, a assessoria de Moreira Franco nega que isso tenha ocorrido. O MBL também não confirmou o custeio dos panfletos.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Malah Maurício

    Traíram todos nós é o povo brasileiros. A estes traidores restam o poder conseguido e o desprezo da sociedade!