USP paga abono a servidores nesta quinta-feira

Os trabalhadores entenderam que o valor, que foi parte do acordo para o fim da greve de 116 dias, deveria ter sido pago no dia 2

São Paulo – A Universidade de São Paulo informou ontem que vai efetuar o pagamento do abono salarial a todos os servidores nesta quinta-feira, 9.

Houve um desentendimento entre a universidade e os servidores no início da semana, já que os trabalhadores entenderam que o valor, que foi parte do acordo para o fim da greve de 116 dias, deveria ter sido pago no dia 2.

Como o trabalho foi retomado na segunda-feira, 22 de setembro, os funcionários entenderam que o abono deveria ser pago no dia 2 de outubro – contando os 10 dias acordados no Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região entre os trabalhadores e a universidade.

A USP, no entanto, entende que só aceitou os termos no dia 30 de setembro.

O abono salarial é equivalente a 28,6% do salário dos funcionários, e servirá como compensação ao período descoberto entre a data-base da categoria, que foi em maio, e o momento em que incidiu o reajuste salarial, no salário de setembro.

O valor foi sugerido pelo desembargador Davi Furtado em audiência de conciliação no TRT-2, como forma de encerrar a paralisação de alguns setores de servidores técnico-administrativos e professores da USP.