Uma mulher foi agredida a cada 4 minutos no Carnaval no Rio

Balanço da Polícia Militar mostra que 2.154 chamados foram feitos em cinco dias para atender casos de violência contra a mulher no estado

São Paulo — Um balanço da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro mostrou que, nos cinco dias de Carnaval, pelo menos uma mulher foi agredida a cada quatro minutos no estado. Os dados foram publicados na manhã de hoje no jornal O Globo e também divulgados no site da PM fluminense.

Segundo o levantamento, entre as 8 horas da sexta-feira, dia 24, e as 8 horas da quarta-feira, dia 1º, foram atendidas cerca de 15.943 chamados pelo 190. Desse número, 2.154 solicitações foram para atender ocorrências de violência contra a mulher, cerca de 14% do total de atendimentos.

Os chamados para casos de perturbação do sossego e do trabalho somam 1.923 ligações, 12% do total de atendimentos.

Nos cinco dias de folia, 298 pessoas foram detidas, 72 delas menores de idade e 18 com mandados de prisão.

Além disso, foram apreendidas 69 armas, 3.301 trouxinhas de maconha, 112 papelotes de cocaína, 250 pedras de crack, 28 frascos de lança-perfume, 21 comprimidos de ecstasy e 42g de haxixe.