UE fará auditorias no sistema brasileiro de controle da carne

Ministério da Agricultura disse que as auditorias vão "reafirmar a solidez e a segurança" do sistema brasileiro de fiscalização

Brasília – O Ministério da Agricultura informou nesta quinta-feira, 30, que a União Europeia decidiu fazer auditorias no sistema de fiscalização e controle da carne do Brasil.

A decisão foi discutida entre o secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Luis Eduardo Rangel, e o diretor da DG Santé, órgão de controle sanitário da UE, Koen Van Dyck, em reunião que durou cerca de uma hora e meia no período da manhã e contou a presença de técnicos do Brasil e UE.

Em nota, a pasta informou que as auditorias, que serão feitas por técnicos do bloco econômico, “servirão para reafirmar a solidez e a segurança do nosso sistema fiscalização e controle”. As datas das auditorias ainda serão fixadas.

O ministério ainda informou que os esclarecimentos feitos pelo governo brasileiro em relação à Operação Carne Fraca da Polícia Federal foram bem recebidos pelos representantes europeus.

“Ficou claro que os problemas dizem respeito a falhas de conduta de servidores do ministério e que o controle sanitário e a qualidade dos produtos produzidos no Brasil estão mantidos”, cita a nota.

Ficou acertado na reunião que, nas próximas horas, o Ministério da Agricultura encaminhará à União Europeia documento detalhado com todos os esclarecimentos solicitados.

Na ocasião, os técnicos da UE também apresentaram uma agenda comercial, que inclui a visita de técnicos brasileiros a empresas que desejam exportar para o Brasil.