TSE tira 6 segundos de propaganda do PT e 3 do PSDB

Ficou comprovado, de acordo com o voto do ministro-relator Arnaldo Versiani, que o PT e o PSDB tiveram, equivocadamente, dois deputados contados a mais do que o devido

sÃO pAULO – O Partido dos Trabalhadores (PT) perdeu seis segundos na propaganda eleitoral gratuita, por conta da recontagem feita pela Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na eleição de 2010 para Câmara dos Deputados. O DEM ganhou mais seis segundos e o PSDB perdeu três segundos.

Ficou comprovado, de acordo com o voto do ministro-relator Arnaldo Versiani, que o PT e o PSDB tiveram, equivocadamente, dois deputados contados a mais do que o devido, além de perder parlamentares para o PSD. O partido do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, ganhou um deputado do PT e dois do PSDB.

O voto foi aprovado por unanimidade. O PR, PDT e PSB obtiveram mais três segundo de tempo, correspondente a mais um deputado. PV e PT do B perderam, cada um, um deputado.

A resolução do TSE serve de orientação aos juízes eleitorais na distribuição do horário da propaganda eleitoral, iniciada na última terça-feira. O ministro lembrou que a decisão de “passar um pente fino” no total de deputados eleitos atendeu ao PR e ao DEM.

Para verificar a veracidade das informações prestadas pelos partidos, foi determinado à Assessoria de Gestão Estratégica do TSE que emitisse certidão com o resultado da ultima totalização, informou o ministro.