Tropa de choque entra em Ministério da Agricultura após confusão

Os manifestantes atearam fogo no auditório onde ocorrem as entrevistas do ministro Blairo Maggi e quebraram quadros da galeria de fotos de ex-ministros

São Paulo – Policiais da tropa de choque de Brasília já estão dentro do Ministério da Agricultura, que foi invadido na tarde desta quarta-feira, 24, por manifestantes, que protestam contra o governo do presidente Michel Temer.

Segundo informações da assessoria da pasta pelo WhatsApp, os manifestantes chegaram a atear fogo no auditório onde ocorrem as entrevistas do ministro Blairo Maggi e quebraram quadros da galeria de fotos de ex-ministros.

De acordo com informações do órgão, ninguém ficou ferido. Os ocupantes do prédio foram orientados a deixar o local.

Fazenda

Um dos prédios da Esplanada dos Ministérios recebeu uma proteção especial. A Força Nacional de Segurança deslocou cerca de 400 homens para proteger o Ministério da Fazenda. A atuação da Força Nacional é requerida pela Secretaria de Segurança Pública da unidade federativa ao ministério da Justiça.

O prédio recebeu reforço na segurança depois que manifestantes tentaram invadir o local, quebrando vidros com paus e mastros de bandeiras. A área próxima à Fazenda agora está mais tranquila.

No momento, a repressão maior ocorre em frente ao Ministério de Minas e Energia a cerca de 300 metros, onde manifestantes correm das bombas, lançadas a todo instante pela polícia.

Os organizadores da manifestação relatam que pessoas foram atingidas por tiros de borracha da polícia.

Veja como o ministério da Agricultura ficou após ser depredado: