Troca no comando da PF foi escolha de Jungmann, diz Marun

Marun disse que Jungmann decidiu substituir Segovia pelo delegado Rogério Galloro por conhecer melhor o agora novo chefe da PF

Brasília – A saída de Fernando Segovia do comando da Polícia Federal foi uma escolha do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, que ouviu o presidente Michel Temer sobre a troca na chefia da corporação, disse nesta terça-feira o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun.

Marun disse a jornalistas que Jungmann decidiu substituir Segovia pelo delegado Rogério Galloro por conhecer melhor o agora novo chefe da PF.

Ele negou participação política tanto na nomeação quando na substituição de Segovia e refutou que a Lava Jato tenha tido algum papel na decisão de trocar o comando da PF.