Tristeza e medo: as reações nas redes sociais após tragédia em Brumadinho

Até agora, há ao menos 65 mortos e mais de 270 desaparecidos. Animais atolados na lama estão sendo executados a tiros

São Paulo — Tristeza e medo. Esses são os dois principais sentimentos dos brasileiros que estão se expressando nas redes sociais, após o rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, Minas Gerais, na última sexta-feira (25).

A tragédia deixou até agora ao menos 65 mortos e mais de 270 desaparecidos. Animais atolados na lama estão sendo executados a tiros por agentes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.

Levantamento feito pela AP/Exata, empresa de monitoramento e análise digital, mostra que os internautas associam o desastre mais recente com o de Mariana e acusam a Vale de omissão.

“Há uma imagem que permeia o caso de que a Vale é uma empresa que não se preocupa com as pessoas, mas apenas com os lucros”, diz o relatório.

Ontem, a Vale pediu o desbloqueio de 11 bilhões de reais de suas contas à Justiça. Segundo um dos principais defensores contratados pela empresa, Sergio Bermudes, a mineradora “não vê responsabilidade” sobre o rompimento da barragem.

No mesmo dia, mais tarde, assessoria de imprensa da mineradora Vale divulgou nota dizendo de que “não autorizou nem autoriza terceiros, inclusive advogados contratados, a falar em seu nome”.

Tanto a análise pelo termo “Brumadinho” quanto pelo “Vale” mostra que o sentimento predominante é o de tristeza, que aparece em 20% dos tuítes.

Minha solidariedade à cidade de Brumadinho e aos moradores vítimas do rompimento da barragem. Segundo o bombeiro 300 pessoas estão desaparecidas. Tragédia que infelizmente se repete como foi em Mariana há 3 anos. Os responsáveis têm que ser punidos

Exemplo de tuíte

 

 

Em seguida, aparece medo, citado em 19% das publicações, e raiva, que está presente em 12% dos tuítes.

A análise foi feita com 181.963 tuítes contendo as palavras “Brumadinho” e “Vale”, entre a meia noite do dia 25, data do rompimento da barragem, e 10 horas do dia 28.

É indescritível de ruim a onda q eu entro quando vejo sobre Brumadinho triste demais essa situação

Exemplo de tuíte

Neste quinto dia de buscas, as chances por encontrar algum sobrevivente da lama são “bastante baixas”, disse um dos representantes da Defesa Civil de Brumadinho.

 

Solidariedade

Apesar de a tragédia ter causado grande impacto nas redes sociais e nos brasileiros, em geral, o sentimento de solidariedade também foi despertado.

“Os internautas logo passaram a valorizar medidas positivas, o trabalho de resgate e a iniciativa de empresas e pessoas que, sensibilizadas, promoveram ações de ajuda humanitária”, diz o relatório.

Polarização política

A polarização política entre os brasileiros também chegou a Brumadinho. De acordo com a AP/Exata, há um “contexto político, que envolve a dicotomia esquerda x direita”.

“No caso de Brumadinho, a esquerda busca criticar o governo Bolsonaro por conta da sua política ambiental e e a direita acusa o PT, sobretudo os governos Dilma Rousseff e Fernando Pimentel, de terem sido negligentes, possibilitando que mais uma fatalidade ocorresse”, diz o relatório.

Então a culpa da tragédia em Brumadinho é de um governo de 26 dias? A esquerda fede!

Exemplo de tuíte

Vale

A imagem da Vale nas redes sociais, principalmente no Twitter, está manchada.

A maior parte dos comentários demonstra indignação e revolta. Os internautas pedem que algo seja feito e que os culpados sejam presos.

Está na hora de FECHAR A VALE até que se tenha de fato uma real ideia do que a empresa está fazendo ou não para manter as barragens seguras pelo visto nada faz!

Exemplo de tuíte

Há ainda uma discussão sobre o futuro da empresa. As sugestões envolvem a possibilidade da Vale ser estatizada novamente, sofrer uma intervenção do governo e até mesmo ser fechada.