Trabalhadores da EBC paralisam atividades por 24 horas

Empregados reivindicam mudanças na proposta do novo Plano de Carreiras e Remuneração

Brasília – Parte dos trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) – a maioria jornalistas – iniciaram hoje (9) uma paralisação de 24 horas em Brasília, São Paulo e no Rio de Janeiro. A mobilização foi aprovada em assembleia na última quarta-feira (4).

Eles reivindicam mudanças na proposta do novo Plano de Carreiras e Remuneração, elaborada por um grupo composto por gestores da empresa e representantes dos empregados.

Os trabalhos do chamado Grupo de Convergência foram concluídos na semana passada. A proposta de plano ainda precisa ser aprovada pela Diretoria Executiva da empresa, pelo Conselho de Administração e pelo Ministério do Planejamento.

Segundo nota do Sindicato dos Jornalistas do Distrito Federal, a mobilização visa a incluir no plano propostas que fortaleçam a comunicação pública como a garantia de autonomia editorial, pisos e tabelas salariais mais competitivos e estímulos concretos à formação e qualificação dos empregados.

A Diretoria Executiva da EBC, em nota, diz que recebeu com surpresa as informações sobre a paralisação. A empresa destacou que o grupo de trabalho que elaborou a proposta de plano foi instaurado para atender a uma reivindicação dos empregados e não foi concebido para ser um foro de negociação coletiva, processo que observa rito próprio previsto na legislação.

Criada em 2007 para fortalecer o sistema público de comunicação, a EBC é gestora da Agência Brasil, da Radioagência Nacional, da TV Brasil, da TV Brasil Internacional e do sistema público de rádio – composto por oito emissoras.