Temer diz que encontro do PMDB não é de ruptura

Temer disse em rápida entrevista que o encontro não era a favor ou contra o governo, mas a favor do país

Brasília – O vice-presidente da República, Michel Temer, procurou amenizar o clima em torno do encontro do PMDB, seu partido, nesta terça-feira, ao afirmar que não se trata de um evento de ruptura com o governo e que a legenda está pregando a pacificação nacional.

Em um momento que várias lideranças do partido defendem a saída do governo, Temer disse em uma rápida entrevista à TV ao chegar ao congresso nacional da peemedebista Fundação Ulysses Guimarães, que o encontro não era a favor ou contra o governo, mas a favor do país.