Temer decide recriar o Ministério da Cultura

Ao assumir o cargo de governante interino do país, Temer fundiu as pastas de Educação e Cultura para reduzir custos.

São Paulo – O presidente interino Michel Temer cedeu à pressão e decidiu recriar o Ministério da Cultura.

Em sua conta oficial no Twitter, o ministro da Educação, Mendonça Filho, informou que o novo ministro da pasta será Marcelo Calero – escalado nesta semana para chefiar a secretaria nacional da Cultura

Ao assumir o cargo de governante interino do país, Temer fundiu as pastas de Educação e Cultura para reduzir custos. 

Com o anúncio, artistas e trabalhadores protestaram na última semana contra a extinção do ministério nos estados do Rio, Brasília, São Paulo, Belém, São Luís, Fortaleza, Natal, Recife, Aracaju, Salvador, Curitiba, Cuiabá e Macapá.

Veja o que disse Mendonça Filho: