Temer autoriza uso das Forças Armadas em Roraima em meio a venezuelanos

De acordo com Jungmann, foi descartada uma intervenção federal no Estado, onde há também uma preocupação com o sistema prisional

Rio de Janeiro – O governo federal decidiu empregar a Garantia da Lei e da Ordem (GLO) em Roraima, autorizando o uso das Forças Armadas no Estado que lida com um fluxo crescente de imigrantes venezuelanos, afirmou nesta terça-feira o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

A informação foi confirmada pelo Palácio do Planalto.

O ministro disse que ainda sabia o efetivo que será empregado em Roraima, mas descartou uma intervenção federal no Estado, onde há também uma preocupação com o sistema prisional, de acordo com Jungmann.

Jungmann esteve na semana passada na cidade fronteiriça de Pacaraima, onde pôde ver de perto o grande fluxo imigratório de venezuelanos e as dificuldades enfrentadas em Roraima e na relação com os brasileiros.

Segundo o ministro, a entrada de venezuelanos no país também está sendo usada politicamente na região, faltando pouco mais de um mês para a eleição.

“Essa é uma das maiores tragédias humanitárias hoje e nunca poderia ser objeto de disputa política”, afirmou ele. “Me dirigi à governadora (Suely Campos) quando lá estive e disse que se (o governo do Estado) não tem condições de convocar a ordem, o presidente está à disposição para convocar as Forças Armadas.”

Roraima tem recebido um grande fluxo de venezuelanos que deixam seu país natal por causa da grave situação econômica e social que o atinge. A crise imigratória ganhou contornos violentos na última semana, depois que venezuelanos foram expulsos do acampamento que ocupavam em Pacaraima, sendo forçados a fugirem de volta para o lado venezuelano.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Eliane Pereira da Silva

    Como cidadã entendo que o governo brasileiro antes ceder a permanência à “estrangeiros” no Brasil, deve primeiro, ao menos ver individualmente se esta pátria realmente é a “única saída de sobrevivência” para estes “estrangeiro” que chegam em massa a nossa terra.
    __ O governo Brasileiro NÃO CUIDA DIREITO NEM DE SEUS PATRÍCIOS .
    Em todo Brasil há pessoas morando nas ruas debaixo de pontes e no governo do presidente Temmer, isso aumenta cada dia.
    Tem muitos brasileiros saindo de várias partes do “Norte e Nordeste” com destino as principais capitais e cidade do Sul e Sudeste. “E estes brasileiros também estão lutando e fazendo sacrifícios por suas sobrevivências e de suas famílias”. No entanto, muitos vão parar debaixo de um viaduto por falta de amparo dos municípios do gov. Estadual, do gov. Federal.
    O desemprego no nosso Brasil é causado hoje pela DESORDEM POLÍTICA . Pelas competições de PODER, pelas confusões dentro do maior ministério dos poderes. E isso tem causado “danos irreparáveis” dentro do Brasil. Como ex. “a violência desordenada em todo país”. E, Diante dessa tragédia Humanitária dentro de DENTRO do Brasil é “Entendível A Nossa Fragilidade”. É entendível também que, “neste momento NÃO TEMOS CONDIÇÕES PSICOLÓGICA, MATERIAS E FINANCIERA PARA ASSUMIR AS DAS DESORDENS ALHEIAS.
    Talvez por despeito da renegação o atual presidente do Brasil tenha abandonado nossas fronteiras com o intuito de nos ensinar na prática o sentido de “liberdade”. Dada a punição ao povo que gritava por liberdade. O fato é que hoje temos “maior desemprego”, um SUS respirando com dificuldade porque não contém a demanda dos próprios brasileiros e agora dos “estrangeiros”. Onde, As MULHERES Já Chegam #GRAVIDAS. A Ponto De PARIR Em TERRA BRASILEIRAS E o Presidente COITADINHO ! “Não Consegue #Enxergar isso”. __ E Os #brasileiros temos que aguentar a pancada.
    Parem. #Reflitam. Entendam, que o presidente da república com sua equipe de governo e o poder judiciário PERDEU OS FREIOS e a revolta agora dupla está levando NOSSO BRASIL pra desgraças sem precedentes.
    Todo povo brasileiro tem orado a Deus PRA FAZER VOAR __ “O Tempo, Desta Gestão Temerária”. E “terminar logo com esse ano”, pra poder iniciar com “respaldo e competência” e com a graça de Deus, um governo eleito legitimamente. Tempos Melhores.
    Bom dia.