Temer agradeceu a Nogueira por serviços no Ministério do Trabalho

Nogueira pediu demissão para se dedicar à reeleição de deputado federal por seu Estado, o Rio Grande do Sul

Brasília – O Palácio do Planalto divulgou nota curta em que oficializa, nesta quarta-feira, 27, a saída do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, do cargo. Como adiantou a Coluna do Estadão, Nogueira pediu demissão para se dedicar à reeleição de deputado federal por seu Estado, o Rio Grande do Sul.

“O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, apresentou na tarde de hoje ao presidente da República carta pedindo exoneração por motivos pessoais. O presidente Michel Temer aceitou e agradeceu pelos bons serviços prestados”, diz o comunicado divulgado pela Presidência da República.

Para o lugar de Ronaldo Nogueira, o PTB indicou o deputado Pedro Fernandes (PTB-MA). O Palácio do Planalto não confirma ainda a escolha de Fernandes. Mas o presidente do PTB, Roberto Jefferson, disse à reportagem que a sugestão já foi apresentada ao presidente Temer. Mais do que isso, o presidente da legenda afirmou que a posse de Fernandes está marcada para acontecer na próxima quinta-feira, 4.