TCU vai analisar medidas do governo para enfrentar seca

Proposta prevê um levantamento de ações no Ministério do Meio Ambiente e na Agência Nacional de Águas

Brasília – O Tribunal de Contas da União (TCU) irá fazer um levantamento das medidas preventivas e de planos de contingência do governo federal com relação à crise hidrológica que o país está enfrentando.

A proposta foi feita pelo ministro André Luís de Carvalho. Prevê um levantamento de ações no Ministério do Meio Ambiente e na Agência Nacional de Águas (ANA).

“O interesse predominantemente nacional pautado pela ocorrência de seca e do esgotamento hidríco em mais de uma unidade da Federação fixa a competência da União como ator principal para a solução dessa crise”, argumentou Carvalho.

A falta de chuvas vem ocasionando problemas de abastecimento em diversos estados, especialmente em São Paulo, onde o nível do Sistema Cantareira chegou ao menor da história, com 3,2%.

A crise também traz problemas para a geração de energia, por causa do baixo nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas.