Suzano inicia plantio de eucalipto em duas fazendas no Pará

As áreas, que pertenciam ao Programa Vale Florestar, foram adquiridas no ano passado, quando a empresa comprou a totalidade das cotas do Fundo Vale Florestar

São Paulo – A Suzano Papel e Celulose informou nesta segunda-feira, 12, que iniciou este mês o plantio de mudas de eucalipto em duas de suas fazendas no Estado do Pará.

As áreas, que pertenciam ao Programa Vale Florestar, foram adquiridas no ano passado, quando a empresa comprou a totalidade das cotas do Fundo Vale Florestar.

Ainda conforme o comunicado, apenas durante o mês de janeiro, a Suzano irá plantar 900 hectares na Fazenda Conquistadora, no município de Ulianópolis, e na Fazenda Arizona, em Dom Eliseu, onde já estão em brotação outros 220 hectares.

Ao todo, serão 1.120 hectares de novas áreas plantadas neste mês.

Júlio Ohlson, diretor de operações florestais da Suzano no Maranhão, Tocantins e Pará, afirma, na nota, que o plantio de eucalipto no estado será importante para o abastecimento da fábrica da empresa em Imperatriz, no Maranhão.

“Para este ano, temos uma meta de aproximadamente 40 mil hectares de plantios (implantação e reformas) para abastecimento da Unidade Imperatriz. Destes, 15 mil virão dos plantios do Pará”, diz.

“Este é o início de um ciclo importante não só para a empresa, como também para o Estado e região, com geração de empregos e início de uma nova oportunidade de negócio florestal.”

A companhia destaca também que, dentre os 15 mil hectares previstos no programa anual para a base florestal do Pará, cerca de 12 mil são provenientes de áreas de reforma pós-colheita e mais 3 mil hectares de novas áreas.