Suíça envia documentos que provam que conta seria de Cunha

A informação foi veiculada em matéria do Jornal Hoje, da Rede Globo

Brasília – O Ministério Público da Suíça enviou à Procuradoria Geral da República (PGR) uma série de documentos que comprovariam que é do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a titularidade de conta naquele país, entre eles a cópia do passaporte de Cunha e da assinatura do deputado em cadastro do banco. A informação foi veiculada em matéria do Jornal Hoje, da Rede Globo.

De acordo com a matéria, na documentação estão ainda reprodução do visto de entrada nos Estados Unidos de Cunha, além de dados pessoais como nome completo, data de nascimento e endereço em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca.

Em um dos cadastros, a correspondência da conta atribuída a Cunha é enviada a endereço nos Estados Unidos porque o cliente teria informado ao banco que vive em país em que não há serviço postal seguro. Em outro cadastro, Cunha teria informado que deseja trabalhar na Suíça.