STJ nega pedido para libertar Ricardo Pessoa, da UTC

O Superior Tribunal de Justiça negou pedido de habeas corpus da defesa do empreiteiro Ricardo Pessoa, dentro do processo da Lava Jato

Brasília – O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou nesta quinta-feira um pedido de habeas corpus da defesa do empreiteiro Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, dentro do processo da operação Lava Jato.

A defesa pediu que Pessoa fosse posto em liberdade, mas por unanimidade, os cinco ministros da Turma que analisou a solicitação seguiram o relator, ministro Newton Trisotto, e negaram o pedido.

O argumento do STJ é a dimensão do delito e o fato de Pessoa ser acusado pelo Ministério Público Federal de coordenar o cartel de empreiteiras que conquistariam obras na Petrobras mediante pagamento de propina.

Pessoa estaria negociando com o MPF realizar uma delação premiada. Pessoa está preso desde novembro na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Esta não foi a primeira vez que os advogados de Pessoa tentaram libertar o empreiteiro da prisão, sem sucesso.