STF vota para tornar Cunha réu pela segunda vez na Lava Jato

A maioria dos ministros do Supremo votou pela aceitação de denúncia contra o presidente afastado da Câmara dos Deputados

Brasília – A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou nesta quarta-feira pela aceitação de denúncia contra o presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e evasão de divisas.

A decisão, que precisa ser formalizada ao fim do julgamento com a proclamação do resultado, torna o parlamentar réu pela segunda vez. Cunha já responde a uma ação penal no Supremo, na acusado de receber propina em contratos da Petrobras.

Mais informações em instantes