STF arquiva inquérito contra Gabriel Chalita

Deputado é alvo de investigação por supostas irregularidades em sua gestão na Secretaria de Educação de Alckmin

São Paulo – O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou nesta quinta feira, 18, inquérito criminal contra o deputado Gabriel Chalita (PMDB-SP), alvo de investigação por supostas irregularidades em sua gestão, entre 2003 e 2007, na Secretaria de Estado da Educação no governo Geraldo Alckmin (PSDB).

O arquivamento acolhe pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Em agosto, Janot requereu arquivamento da investigação sobre supostos crimes contra a administração pública e recebimento de vantagens atribuídas a Chalita.

O arquivamento, disse Janot, “é medida que se impõe, por ausência de provas”. Ele argumentou que o analista de sistemas Roberto Grobman, acusador de Chalita, nunca foi localizado para depor, nem apresentou provas que alegou possuir.