Sobe para 3 número de brasileiras mortas em na Turquia

O acidente deixou outras 22 pessoas feridas, sendo oito delas de nacionalidade brasileira

Ancara – O número de mortos em um acidente nesta segunda-feira envolvendo dois balões na região da Capadócia, na Turquia, subiu para três – todos turistas brasileiras -, informaram as autoridades locais.

O acidente, que aconteceu às 6h locais de hoje (meia-noite pelo horário de Brasília) na cidade de Goreme, deixou outras 22 pessoas feridas, sendo oito delas de nacionalidade brasileira. Um dos balões, com 25 a bordo, caiu de uma altura de 300 metros após seu envelope (parte de tecido que contém ar quente e o sustenta) se chocar com o cesto do outro e se romper.

O piloto, natural de Portugal, conseguiu controlar o balão em queda até 50 metros do chão, mas a partir daí começou a cair de forma descontrolada.

Rahim Unlu, diretor da Saúde Pública da província de Nevsehir, disse à Agência Efe que no balão havia dez turistas brasileiros, dez espanhóis, três argentinos e um porto-riquenho, além do piloto.

Em entrevista à Agência Efe, Unlu explicou que todos os feridos – maiores de 60 anos – tinham sofrido fraturas, em alguns casos múltiplas, e que dois passageiros tinham fraturado a coluna.

O site do jornal turco ‘Hurriyet’ informou que a morte mais recente foi a de uma brasileira de 76 anos que estava internada em um hospital da cidade de Kayseri.

Segundo a agência de notícias turca ‘Anadolu’, as duas primeiras vítimas brasileiras do acidente que faleceram foram uma mulher de 71 anos, no próprio balão, e outra de 65 anos, que morreu no hospital.