Alckmin manda secretário receber prêmio por gestão hídrica

Manifestantes levaram cartazes com a mensagem "Procura-se o ganhador do prêmio torneira seca"; estado de São Paulo enfrenta pior crise hídrica da história

São Paulo – O governador de São Paulo Geraldo Alckmin não compareceu à cerimônia de entrega do prêmio oferecido pela Câmara dos Deputados pela gestão dos recursos hídricos do estado. Em seu lugar, foi escalado o secretário de Recursos Hídricos, Benedito Fraga – que foi recebido com vaias. 

Alguns manifestantes subiram ao palco, com cartazes escrito “Procura-se ganhador do prêmio torneira seca” e a imagem de Alckmin.
O secretário, em discurso, disse receber o prêmio em nome dos paulistas que “souberam entender os esforços” do governo. “É justa essa homenagem a Geraldo Alckmin”, disse Fraga. 

Benedito Braga: escalado para receber prêmio por gestão de recursos hídricos  

Torneiras Secas

A indicação de Alckmin para o prêmio recebeu uma série de críticas, já que o estado enfrenta a pior crise hídrica da história. Em várias cidades da Grande São Paulo, a população que vive em pontos mais altos já convive há tempos com as torneiras secas.

Um estudo escrito por um trio de pesquisadores brasileiros da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp), divulgado no mês passado, constatou que foi o mau gerenciamento que levou o sistema Cantareira a uma “transição catastrófica”, fazendo com o que o reservatório passasse rapidamente de condições normais para um “estado de ineficiência”.