Curtas – uma seleção do mais importante no Brasil e no mundo

Sicupira deixa conselho da AB InBev; co-autor de massacre preso…

Sicupira deixa conselho da AB InBev
A fabricante de cervejas Anheuser-Busch InBev (AB InBev) anunciou nesta terça-feira mudanças no seu conselho de administração. Olivier Goudet, Alexandre Behring, Stéfan Descheemaeker e Carlos Alberto Sicupira deixarão o conselho após uma assembleia geral de acionistas marcada para 24 de abril. Sicupira, sócio do 3G, é membro do conselho da AB InBev desde 2004. Em seu lugar, o conselho de administração sugeriu o nome de Cecilia Sicupira, sua filha. Em nota, a AB InBev agradeceu os executivos “pelo notável empenho e pelas valiosas contribuições à empresa”, e desejou “grande sucesso em seus futuros empreendimentos”.

Sintonia de Bolsonaro e Trump
Com discussão sobre intervenção militar na Venezuela e apoio à entrada brasileira na Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o encontro entre os presidentes Jair Bolsonaro e Donald Trump na Casa Branca nesta terça-feira, 19, mostrou que os dois líderes estão em sintonia. Bolsonaro disse ter “muito em comum” com o norte-americano, e brincou com o slogan de campanha de colega ao dizer que quer “um Brasil grande”. Após reunião no Salão Oval, onde os líderes trocaram camisas das respectivas seleções de futebol, Trump e Bolsonaro realizaram uma coletiva de imprensa conjunta nos jardins da Casa Branca. Nela, o presidente brasileiro indicou que o Brasil pode considerar adotar a estratégia militar dos Estados Unidos para a crise da Venezuela, mas não confirmou nada. “Tem certas questões que, se você divulgar, deixam de ser estratégia”, disse Bolsonaro. Trump também não deu muitos detalhes e afirmou que, por enquanto, todas as opções estão sobre a mesa.

_

GM anuncia investimento em SP
Durante uma reunião realizada nesta terça-feira, 19, que reuniu o governador de São Paulo, João Doria, e o presidente da montadora automobilística General Motors (GM) na América-Latina, Carlos Zarlenga, a GM anunciou que irá fazer um investimento de cerca de 10 bilhões de reais no estado de SP. Segundo a companhia, o montante deve ser investido entre 2020 e 2024 e, do total, 5 bilhões de reais serão colocados na planta de São José dos Campos. A marca será beneficiada pelo recém lançado programa de incentivo a montadoras de São Paulo, que pode conceder descontos de até 25% do ICMS da companhias que produzem no estado.

_

Beto Richa é preso
O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso preventivamente em um desdobramento da operação Quadro Negro, que investiga desvios e irregularidades em obras de escolas do estado. O inquérito apura os crimes de corrupção, fraude à licitação e organização criminosa. A ordem judicial foi cumprida na manhã desta terça-feira, 19, a pedido do Ministério Público estadual. Também foram presos Ezequias Moreira, ex-secretário de Cerimonial e Relações Exteriores do PR, e Jorge Atherino, apontado como operador de Richa. A Justiça ainda emitiu cinco mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao ex-governador.

_

Co-autor de massacre preso
A Polícia Civil apreendeu nesta terça-feira, 19, um menor de idade suspeito de ter participado do planejamento do massacre na Escola Raul Brasil, em Suzano. O garoto de 17 anos foi levado ao Instituto Médico Legal e encaminhado ao Fórum da cidade. O jovem foi reconhecido por meio de fotos por uma testemunha depois de participar de encontros com os autores do atentado em um estacionamento a duas quadras da escola. Ontem, a Vara da Infância e da Juventude determinou 45 dias de internação ao suspeito. Nesta terça, ele será ouvido em uma audiência de apresentação e a Justiça decidirá se mantém a decisão anterior e se o menor deve ou não ser encaminhado para a Fundação Casa.

_

Maia trava pacote de Moro
O presidente da câmara Rodrigo Maia (DEM) travou a tramitação do pacote de medidas apresentado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro. Maia determinou a criação de um grupo de trabalho para estudar o pacote de Moro, conhecido como projeto de lei anti crime. Na prática, a tramitação pode ficar suspensa por até 90 dias prorrogáveis enquanto o grupo não apresenta seu parecer, já que a Comissão Especial para o projeto só deverá ser instalada após a conclusão dos trabalhos do grupo.

_

2 Bilhões sem saneamento
Mais de 2 bilhões de pessoas carecem de serviços de saneamento básico no mundo, apontou um relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre o desenvolvimento mundial da água. A publicação “Não Deixar Ninguém Para Trás” lançada nesta terça-feira, 19, durante a 40ª Sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, na Suíça, mostrou que, apesar do progresso nos últimos 15 anos, o direito à água potável e ao saneamento básico é inacessível para grande parte da população mundial. Em 2015, três em cada 10 pessoas (2,1 bilhões) não tinham acesso a água potável e 4,5 bilhões de pessoas, ou seis em 10, não tinham instalações de saneamento com segurança.

_

Ciclone em Moçambique
O número de pessoas mortas em Moçambique por fortes tempestades e inundações que atingiram o sudeste da África deve aumentar significativamente, disse a Cruz Vermelha nesta terça-feira, 19. As equipes de resgate têm enfrentado dificuldades para avaliar a devastação causada pelo ciclone Idai, que chegou do Oceano Índico com ventos de a 170 km/h no final da semana passada, atingindo Moçambique e, depois, seus vizinhos do interior do Zimbábue e do Malaui. A contagem oficial de mortos em Moçambique, até o momento, é de cerca de 84 pessoas.

_

Presidente do Cazaquistão renuncia
Após quase 30 anos do poder, Nursultan Nazarbayev, presidente do Cazaquistão, renunciou ao cargo. O líder da nação asiática comunicou sua decisão através de um pronunciamento feito pela televisão, no qual ressaltou ter sido o “primeiro presidente do Cazaquistão independente”. Ele comandava o país desde a queda da União Soviética, primeiro como líder comunista, depois como presidente. Apesar da renúncia, o político continuará a presidir o Conselho de Segurança do país e permanecerá como chefe do partido Nur Otan.