Serra vota e diz que povo decidirá quem vai ao 2º turno

"Estou confiante, mas não totalmente tranquilo, porque o povo é soberano e é ele que vai decidir", diz Serra

São Paulo – O candidato do PSDB a prefeito de São Paulo, José Serra, votou na manhã deste domingo (7) no Colégio Santa Cruz, zona oeste da capital paulista. Ele estava acompanhado do seu vice na chapa, Alexandre Schneider, e tirou foto sorridente ao lado do governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), fazendo o “V” da vitória. Serra foi aplaudido pelo público presente e não houve tumultos.

“Estou confiante, mas não totalmente tranquilo, porque o povo é soberano e é ele que vai decidir”, disse Serra, após o voto, fazendo ressalvas sobre a possibilidade de chegar ao segundo turno, de maneira diferente da observada em 2010, na campanha para a Presidência da República, quando mostrou absoluta convicção de que passaria pelo primeiro turno. “Se eu for para o segundo turno, faremos uma campanha a favor de São Paulo, com propostas para uma cidade mais justa, amigável e acolhedora. Será uma campanha a favor do trabalho, do mérito, da honestidade e do esforço”, comentou.

Antes do voto de Serra, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab, estiveram na casa do candidato tucano. Em entrevista aos jornalistas, eles disseram que estão confiantes que o tucano terá cerca de 30% dos votos na eleição paulistana, mas não arriscaram o nome de um adversário para o segundo turno do pleito.

Para Alckmin, a mudança nas pesquisas nos últimos dias refletiu o amadurecimento do eleitor. “Serra é o mais preparado para governar uma cidade-Estado como São Paulo”, afirmou.

Já o prefeito Gilberto Kassab disse que é um privilégio para a cidade ter um candidato como Serra. Justificou também que não participou tão ativamente da campanha porque tinha de respeitar o horário das suas atividades como prefeito.

O prefeito afirmou que vai continuar na vida pública após deixar a Prefeitura. “Mas não tenho ansiedade sobre qual será minha tarefa”, disse. Depois dessas declarações, eles acompanharam Serra ao Colégio Santa Cruz. Após o voto do candidato, todos seguiram para o Colégio Santo Américo, onde Alckmin iria votar.