Senadores levam a Dilma pedido de apoio a novas eleições

Segundo os senadores, Lula demonstrou simpatia pela ideia, mas não expressou apoio claro

Brasília, 27 – Após conselho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, senadores independentes que apresentaram proposta para antecipar eleições vão entregar nesta quarta-feira, 27, à presidente Dilma Rousseff uma carta em que pedem apoio para a Proposta de Emenda à Constituição (PEC).

Em café da manhã com o ex-presidente Lula e o ministro-chefe do gabinete pessoal da Presidência, Jaques Wagner, os senadores João Capiberibe (PSB-AP), Paulo Paim (PT-RS) apresentaram a proposta para que novas eleições presidenciais fossem realizadas já em outubro deste ano.

Segundo os senadores, Lula demonstrou simpatia pela ideia, mas não expressou apoio claro.

Ele se comprometeu em levar a ideia à presidente Dilma e aconselhou que os senadores escrevessem um carta, assinada por diferentes parlamentares, pedindo que a presidente apoiasse a PEC que já está em tramitação ou enviasse ao Congresso a sua própria proposta.

Os senadores estão fazendo uma peregrinação em busca de apoio à proposta. Além da visita a Lula, eles se reuniram nesta quarta com a presidente da Rede Sustentabilidade, Marina Silva.

Mais tarde, eles se encontram com o presidente do PSDB, Aécio Neves (MG) e lideranças do PCdoB.