Senadores chegam a Caracas para visitar presos políticos

A chegada da comitiva brasileira coincidiu com o desembarque de Johnny Bolívar, que foi extraditado da Colômbia para a Venezuela

Caracas – A comitiva de senadores brasileiros liderada por integrantes da oposição chegou na tarde desta quinta-feira, 18, ao Aeroporto de Caracas, na Venezuela. Os integrantes serão recebidos pelas esposas de parlamentares de oposição no país que estão presos.

“A chegada dessa missão de senadores procedentes de um país irmão, como o Brasil, significa um grande apoio”, afirmou Mitzy Ledezma, mulher do líder oposicionista e prefeito de Caracas, Antonio Ledezma, preso desde fevereiro de 2014, acusado de instigar protestos contra o governo chavista de Nicolás Maduro.

Indagada sobre se a comitiva terá êxito na visita aos políticos detidos no país, Mitzy afirmou: “Vamos seguir lutando para que na Venezuela tenha democracia e não tenha nenhum preso político”.

Presente no saguão do aeroporto, a deputada Maria Corina Machado, que faz oposição ao governo Maduro, considerou a visita dos parlamentares brasileiros “histórica”, por se tratar, segunda ela, de uma primeira missão de senadores no país.

De acordo com a deputada, o encontro de integrantes de oposição dos dois países pode desencadear um movimento de aliança entre as duas partes.

A chegada da comitiva brasileira coincidiu com o desembarque de Johnny Bolívar, que foi extraditado da Colômbia para a Venezuela.

Essa coincidência provocou um grande engarrafamento numa das principais autopistas do aeroporto por onde a comitiva dos senadores deve passar.

Paralelamente às atividades dos senadores da comitiva, integrantes de movimentos sociais brasileiros ligados ao governo Maduro também têm agenda em Caracas. A chegada dos integrantes dos movimentos sociais teve espaço em programa da TV estatal do país.

A delegação dos manifestantes, composta por políticos, intelectuais, blogueiros e ativistas brasileiros de esquerda, foi convidada pelo próprio governo Maduro como um contraponto à agenda dos senadores no país.