Senado aprova MP que altera regras do Fies

Medida tem como uma das principais mudanças a extinção da carência de 18 meses após o término do curso para o estudante começar a pagar a dívida

Brasília – O Senado aprovou nesta quarta-feira a medida provisória que altera as regras do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), tendo como uma das principais mudanças a extinção da carência de 18 meses após o término da faculdade para o estudante começar a pagar a dívida.

Aprovada sem modificações pelos senadores, a MP segue para sanção presidencial.

Além de acabar com a carência para o pagamento do financiamento, a MP cria o Fundo Garantidor do Fies (FG-Fies), na intenção de aumentar a garantia dos pagamentos e reduzir a inadimplência.

A União entrará com aporte inicial de 3 bilhões de reais no fundo, que terá participação proporcional das faculdades participantes.

A medida define ainda regras de parcelamento para estudantes em débito com o Fies e determina que os beneficiários terão juros zero, na forma definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), para os contratos assinados a partir de 2018. Eventuais alterações dos juros incidirão somente sobre contratos firmados a partir da data de entrada em vigor dessas mudanças.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s