Sem-Teto protestam em frente à prefeitura de São Paulo

Segundo Marcondes Luz, da Associação Filhos de Paraisópolis, comissão vai pedir que área do Parque Ipê seja declarada com Zona Especial de Interesse Social

São Paulo – Os manifestantes que participam do protesto por moradia, organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, deixaram o prédio da Câmara de Vereadores e se dirigiram à sede da prefeitura de São Paulo.

Eles encontraram todas as portas fechadas. A mesma comissão formada por 12 integrantes do movimento recebida na Câmara Municipal deve se reunir com o secretário de Relações Institucionais, João Antônio.

Segundo Marcondes Luz, da Associação Filhos de Paraisópolis, a comissão vai pedir que a área do Parque Ipê ocupada há cinco dias seja declarada com Zona Especial de Interesse Social.

De acordo com Luz, cerca de 400 pessoas ocupam o lugar no momento.

A concentração em frente à prefeitura ocorre de forma pacífica. Antes, os manifestantes entraram em confronto com policiais militares e guardas municipais em frente à Câmara Municipal.

A confusão ocorreu quando eles tentaram entrar no prédio, e foram contidos pelos policiais.