Sem ar-condicionado no Planalto, Dilma fica no Alvorada

Presidente precisou ficar na residência oficial porque o ar-condicionado do gabinete de trabalho passa por uma manutenção.

Brasília – A presidente Dilma Rousseff passou esta terça-feira, 4, despachando no Palácio da Alvorada, sua residência oficial.

Dilma precisou ficar no Alvorada porque o ar-condicionado do gabinete de trabalho, no terceiro andar do Palácio do Planalto, passa por uma manutenção.

Por essa razão, os despachos com os ministros das Minas e Energia, Edison Lobão, da Justiça, José Eduardo Martins Cardozo, e com os integrantes da Junta Orçamentária, coordenada pela ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, foram realizados no Alvorada.

A manutenção prossegue nesta quarta-feira, 5. A presidente só deve retornar ao Planalto na quinta-feira, 6.