Clima volta a ficar tenso no Complexo do Alemão

A informação é que um princípio de tumulto no alto do morro mobilizou os homens do Exército e da Polícia Militar

Rio de Janeiro – O clima voltou a ficar tenso no Complexo do Alemão, no início da noite de hoje (6). Vários tiros foram disparados na Favela da Grota. A informação é que um princípio de tumulto no alto do morro mobilizou os homens do Exército e da Polícia Militar (PM). Armados de fuzil, cerca de 50 militares da chamada Força de Pacificação começaram a ocupar os acessos ao local.

No quartel da Força de Pacificação, na parte baixa do morro, carros de combate do Exército, do tipo Urutu, foram preparados para entrar nas comunidades. Todos os acessos às favelas do Complexo do Alemão estão fechados.

O comércio fechou as portas mais cedo. Os moradores procuram se refugiar em casas também na parte baixa do Complexo do Alemão.

No domingo (4), houve um incidente entre militares e moradores do Alemão. Ao reprimir um grupo de moradores que assistia a um jogo de futebol e que se recusou diminuir o barulho, soldados do Exército foram atingidos com pedras, pedaços de pau e garrafa. Eles reagiram atirando com balas de borracha e spray de pimenta. Várias pessoas ficaram feridas. Desde então, o clima no local é tenso.

Ontem (5), moradores fizeram uma manifestação pedindo a saída da Força de Pacificação. Promotores de Justiça estiveram no local e começaram uma investigação para apontar os responsáveis pelo incidente.