Secretaria apreende facas artesanais em presídio de Manaus

O objetivo da vistoria em questão era localizar túneis e rotas de fuga

Revista realizada na manhã de hoje (18) na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP), na zona leste de Manaus, resultou na apreensão de 38 facas artesanais.

Em nota, o secretário de Administração Penitenciária, tenente-coronel da Polícia Militar, Cleitman Coelho, informou que a vistoria tinha como objetivo a localização de túneis e rotas de fuga.

“O procedimento seguiu um cronograma de revistas que devem continuar acontecendo. Neste caso em específico, o foco era descobrir se os internos estavam cavando túneis, cerrando grades das celas ou se organizando de alguma maneira para uma fuga”, disse o documento.

“Com a revista foi comprovado que nenhuma das ações estão ocorrendo, mas nossa fiscalização continuará para inibir possíveis iniciativas dos internos”, completou o secretário em nota.

Atualmente, a penitenciária tem 1.249 internos.

Os detentos cumprem punição disciplinar com suspensão das visitas de parentes e sem direito a banho de sol.

Em 7 de abril, seis presos foram mortos dentro da UPP.

No dia seguinte, mais um corpo foi encontrado.

Segundo o secretário, uma briga entre membros de uma mesma facção criminosa motivou os assassinatos.