Se Marina desistir da presidência, Dilma herdaria votos

De acordo com pesquisa Datafolha, Dilma Rousseff herdaria maior parte dos votos de Marina Silva nas eleições de 2014 e venceria no primeiro turno

São Paulo – Sem Marina Silva (PSB) na corrida eleitoral pela presidência da República de 2014, Dilma Rousseff (PT) seria a principal beneficiada. De acordo com dados da pesquisa Datafolha publicada hoje no jornal Folha de São Paulo, 42% dos eleitores que afirmam votar na ex-senadora migrariam seus votos para a atual presidente.

Eduardo Campos, que teria o apoio de Marina, ficaria com apenas 15% dos votos. Enquanto Aécio Neves (PSDB) herdaria 21% dos eleitores marineiros, segundo o levantamento realizado na última sexta-feira.

Neste cenário, Dilma Rousseff venceria já no primeiro turno – com Aécio e Campos nas segunda e terceira posições respectivamente.

Com José Serra candidato no lugar de Aécio, o padrão se repete: Dilma segue com a maior parte dos votos (40%, o tucano com 25% e Campos com 15%. 

Pouco mais da metade dos entrevistados pelo Datafolha afirmou que não sabia que Marina se filiou ao PSB. Dos 48% que sabiam disso, apenas 14% admitiram estar bem informados sobre o assunto. Do total, 38% declarou que o apoio da ex-senadora a Campos não os influenciaria a votar no pernambucano nas eleições de 2014.

A pesquisa é a primeira após a união da ex-senadora Marina Silva com Eduardo Campos. Foram feitas 2.517 entrevistas em 154 municípios, e a margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.