São Sebastião pode ter 1ª praia de nudismo de SP

A proposta é da Federação Brasileira de Naturismo (FBrN) e, caso seja acatada, será a primeira praia oficial do gênero no litoral paulista

São Sebastião – A ideia de transformar a Praia Brava, em São Sebastião, no litoral norte de São Paulo, em local de nudismo vem provocando polêmica no município.

A proposta é da Federação Brasileira de Naturismo (FBrN) e, caso seja acatada, será a primeira praia oficial do gênero no litoral paulista.

Em toda a orla brasileira, são apenas oito praias. Ao longo dos anos, outras propostas naufragaram na região, como foi o caso de Ilhabela, que na década de 1990 teve até projeto de lei municipal para transformar a Praia da Caveira em local exclusivo para naturistas. Foi rejeitado.

A Praia Brava tem difícil acesso – feito apenas por trilha ou barcos – e está localizada ao lado da Praia de Boiçucanga, em uma área de proteção ambiental. Na prática, o lugar já vem sendo usado por adeptos do naturismo.

A proposta, porém, desagrada aos moradores e turistas, especialmente surfistas, que aproveitam as ondas que fazem jus ao nome do local. Como acontece em outras praias oficiais de nudismo, a entrada de banhistas com roupas seria proibida.

“Se virar praia de nudistas, vou ser proibido de circular por aqui de sunga?”, questiona o paulistano Otávio Meira Junior, de 19 anos, que a cada 15 dias frequenta a praia. “Já vi pessoas nuas aqui e pensamos até em chamar a polícia”, acrescentou a namorada de Junior, Marcela Menezes, de 19 anos.


O ajudante de pedreiro Oswaldo Nascimento, de 39 anos, disse já ter ficado constrangido ao ver um casal passeando de mãos dadas sem roupas. “Só pode ser o fim do mundo.”

A Federação Brasileira de Naturismo foi procurada pela reportagem para comentar o assunto, mas ninguém respondeu.

O grupo pertencente à federação que tenta transformar a Praia Brava em local reservado para naturismo pretende participar de uma audiência com o prefeito Ernane Primazzi (PSC), para apresentar oficialmente a proposta.

Também procurada, a prefeitura de São Sebastião não respondeu.

Tambaba, na Paraíba, foi a primeira praia brasileira a autorizar oficialmente que os frequentadores tirassem a roupa. Em Santa Cataria, há três praias do tipo: Pedras Altas (Palhoça), Galheta (Florianópolis) e Praia do Pinho (Balneário Camboriú).

O Rio de Janeiro tem duas áreas para a prática do naturismo: Olho de Boi (Búzios) e Praia do Abricó (Rio). As outras ficam no Espírito Santo – Barra Seca (Linhares) – e Bahia – Massarandupió (Entre Rios).