Romário grava depoimentos de apoio a Aécio

Depoimentos serão veiculados a partir de amanhã na propaganda eleitoral do tucano

Rio de Janeiro – Eleito senador no Rio pelo PSB com 4,6 milhões de votos, o ex-jogador de futebol e deputado federal Romário oficializou seu apoio ao candidato tucano à Presidência da República, Aécio Neves.

Ele gravou nesta quarta-feira dois depoimentos que serão veiculados a partir de amanhã na propaganda eleitoral do tucano.

No primeiro turno Romário fez campanha para sua correligionária Marina Silva e para o candidato petista ao governo do Rio, Lindbergh Farias.

Nenhum dos dois foi alçado ao segundo turno, e então Romário optou por apoiar, no âmbito estadual, o atual governador e candidato à reeleição Luiz Fernando Pezão (PMDB).

No âmbito federal, Romário descartou a opção pela candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT) e em duas ocasiões agendou encontros com Aécio Neves para oficializar o apoio ao tucano.

Ambos acabaram cancelados – o primeiro por iniciativa de Romário, porque uma filha dele ficou doente, e o segundo por Aécio porque, no mesmo dia, a candidata derrotada à Presidência Marina Silva declarou apoio a ele.

Além da divergência de agendas, outro fator que teria dificultado a oficialização do apoio de Romário a Aécio seria a participação de Ronaldo Fenômeno na campanha de Aécio, a quem apoia desde o primeiro turno. Os dois ex-jogadores teriam desavenças.

Embora já eleito, Romário continua fazendo campanha para correligionários – na terça-feira foi a Brasília participar de atos com o candidato a governador do Distrito Federal Rodrigo Rollemberg (PSB). Hoje, ainda em Brasília, Romário gravou os depoimentos de apoio a Aécio.

Neles, o senador eleito afirma que escolheu Aécio porque ele representa mudanças e porque o tucano se comprometeu a apoiar a moralização do esporte e a causa das pessoas com doenças raras ou deficiências.

Segundo a assessoria de Romário, ainda não foi definida a participação dele em nenhum ato de campanha de Aécio. Uma possibilidade é que isso ocorra sexta, quando Aécio estará no Rio para o debate promovido pela TV Globo.