Rio sediará convenção internacional da indústria petrolífera

Com o tema "Novo cenário geopolítico: superando os desafios", o objetivo é discutir a energia e a indústria petrolífera

Rio de Janeiro – O Rio de Janeiro será sede de uma das maiores convenções sobre energia do mundo, a “Rio Oil & Gas Expo and Conference 2014”, que acontece entre os dias 15 e 18 deste mês e abordará os desafios das transformações na produção energética mundial, informou nesta terça-feira o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), organizador do evento.

Com o tema “Novo cenário geopolítico: superando os desafios”, o objetivo é discutir a energia e a indústria petrolífera. Entre os temas que serão abordados estão a competitividade da indústria brasileira de petróleo e gás, o uso das novas tecnologias para a exploração de reservas em águas profundas e a importância do gás natural na matriz energética do país.

Conforme as previsões da organização, serão cerca de quatro mil congressistas que apresentarão 650 trabalhos técnicos representando 1.300 empresas de 30 países. O evento contará com 14 pavilhões internacionais e a previsão é de receber 55 mil visitantes.

O secretário-executivo do IBP, Milton Costa Filho, confirmou as presenças da presidente da Petrobras, Graça Foster, e do titular do Conselho Mundial de Petróleo (WPC, sigla em inglês), Renato Bertani. De acordo com ele, durante a convenção será lançada uma agenda que pretende marcar o roteiro em matéria energética do país nos próximos anos, assim como as estratégias a seguir pela indústria brasileira do petróleo.

Filho também informou que o Rio de Janeiro é uma das principais candidatas para ser a sede do próximo Congresso Mundial de Energia, que acontecerá em 2019, um dos maiores do setor. Conforme disse, as infraestruturas criadas para a realização dos Jogos Olímpicos de 2016, que acontecerão no Rio de Janeiro, são as principais vantagens sobre os outros dois aspirantes, São Petersburgo, na Rússia, e Abu Dhabi, a capital dos Emirados Árabes.