Rio lança pedra fundamental de Parque Olímpico

Durante os Jogos, o Parque deve receber cerca de 200 mil espectadores por dia

Rio – Principal obra para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio, a construção do Parque Olímpico começou simbolicamente nesta sexta, com o lançamento da pedra fundamental. Em 2016, o espaço vai receber as disputas de 14 modalidades, como basquete, natação e judô, além dos Centros Principal de Imprensa e Internacional de Transmissões, com capacidade para 20 mil jornalistas. Durante os Jogos, o Parque deve receber cerca de 200 mil espectadores por dia.

O início da obra só foi possível graças ao fim do impasse com a Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), já que o Parque será construído onde hoje funciona o autódromo Nelson Piquet, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio. O governo federal se comprometeu a construir um novo espaço para corridas em Deodoro, também na zona oeste. O começo da obra do Parque ocorrerá em paralelo à desativação do Nelson Piquet.

“O Parque Olímpico é o maior desafio. É uma obra complexa, grande. Os prazos em uma competição como as Olimpíadas são sempre muito complexos. Mas nós estamos no prazo em absolutamente tudo”, disse o prefeito Eduardo Paes.