Rio Grande do Sul libera venda de bebidas na Copa

Estados têm poder de decidir individualmente se atendem ou não desejo da Fifa de que a venda seja liberada

Porto Alegre – A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou nesta terça-feira, por 30 votos a 9, a venda de bebidas alcoólicas no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, durante as cinco partidas da Copa do Mundo de 2014. Assim, é mais uma sede a atender o desejo da Fifa.

A Lei Geral da Copa, aprovada em maio no Congresso e sancionada em junho pela presidente Dilma Rousseff, deixou para cada um dos 12 Estados que serão sede decidir se irá liberar a venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante o Mundial de 2014.

No final de novembro, Pernambuco aprovou a venda das bebidas alcoólicas nos estádios. E no começo de outubro, o governo do Rio enviou à Assembleia Legislativa do Estado (Alerj) projeto de lei que também permite a comercialização durante a Copa do Mundo.

“Se nós não cumprirmos o que assinamos para que a Copa fosse realizada aqui, fica muito ruim. Cheira a estelionato político”, disse o deputado Paulo Odone (PPS), que encaminhou o projeto de lei para liberar a venda e atender o que foi combinado com a Fifa.