Réveillon do Rio terá sustentabilidade como tema

O tema da maior festa de Réveillon do Brasil será a sustentabilidade e a Rio+20, conferência sobre o clima que a capital fluminense vai sediar em 2012

Rio de Janeiro – Durante os 16 primeiros segundos de 2012, o céu de Copacabana, na zona sul, ficará verde, como efeito do show de fogos de artifício promovido pela Prefeitura do Rio de Janeiro. O tema da maior festa de Réveillon do Brasil será a sustentabilidade e a Rio+20, conferência sobre o clima que a capital fluminense vai sediar em 2012.

O show pirotécnico vai durar 16 minutos e consumir 24 toneladas de fogos de artifício. A primeira etapa, em verde, vai homenagear as matas; em seguida as cores predominantes serão amarelo e vermelho (em referência ao sol), azul (água), multicolorida (fauna e à flora) e por fim branco e azul (vento).

Haverá dois palcos principais na praia, em frente ao hotel Copacabana Palace, e outro na altura da rua Santa Clara. O primeiro, chamado Sol, terá o ator Otaviano Costa como mestre de cerimônias, e atrações como Beth Carvalho, O Rappa, Latino e a bateria da Beija-Flor. Os shows ocorrem das 18h10 às 3h30.


O segundo palco, chamado Água, será comandada pela apresentadora Fiorella Matheis e terá Moraes Moreira, Blitz, Unidos da Tijuca e Mangueira, das 18h10 às 3 horas. Outros dois palcos secundários, em frente à rua Xavier da Silveira e no Leme, terão DJs. A festa em Copacabana, que deve receber 2 milhões de pessoas, custou R$ 17,2 milhões, dos quais a prefeitura arcou com R$ 3,2 milhões. A administração vai promover festas de Réveillon em outros oito bairros, além de queima de fogos na comunidade da Rocinha, na zona sul, ocupada por forças de segurança.