Relator do caso Cunha se emociona com apoio de parlamentares

"Fico contente com o apoio que recebi dos principais líderes. Hoje é um momento histórico para o País", disse Pinato ao deixar a sessão

Brasília – O relator do processo contra o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no Conselho de Ética, deputado Fausto Pinato (PRB-SP), se emocionou durante a sessão informal do colegiado ao receber a solidariedade de outros parlamentares devido às ameaças que ele e sua família receberam nos últimos dias.

“Fico contente com o apoio que recebi dos principais líderes. Hoje é um momento histórico para o País”, disse Pinato ao deixar a sessão.

O relator chegou a ficar com os olhos marejados diante da manifestação dos deputados, mas não quis falar em público sobre o episódio. Em seguida, ele se reuniu com alguns deputados em um encontro fechado onde está detalhando as ameaças recebidas.

“O País tem que sair muito mais forte disso. Hoje surgiu uma grande esperança”, respondeu Pinato diante da insistência dos jornalistas para que falasse sobre as ameaças.

Mesmo diante da revogação da decisão da mesa diretora suspendendo a sessão desta manhã, os parlamentares contrários à Cunha fizeram uma sessão informal do Conselho de Ética que acabou se tornando um ato político contra o presidente da Casa.

A Rede Sustentabilidade vai sugerir que todos os partidos não registrem presença em plenário e obstruam as sessões presididas por Eduardo Cunha. “A Câmara não pode funcionar sob a presidência dele”, disse o líder do Rede, Alessandro Molon (RJ).