Recém-nascido passa 3 dias em cela de delegacia de SP

Mulher foi presa por tráfico e deu à luz no dia seguinte, mas ela e bebê ficaram detidos

Um bebê recém-nascido ficou três dias junto com a sua mãe, uma mulher de 24 anos, preso em uma cela cela do 8º Distrito Policial localizado na zona oeste de São Paulo.

Jéssica Monteiro foi detida pela Polícia Militar no sábado (10) por tráfico de drogas, mas, no dia seguinte de sua prisão, entrou em trabalho de parto. Após receber alta do hospital, precisou voltar para a cela com a criança devido a uma decisão judicial em mantê-la presa.

“É uma carceragem para presos do sexo masculino, ex-policiais, agentes penitenciários, seguranças. Por mais que os policiais tenham se esforçado para garantir condições adequadas de alimentação e higiene, o ambiente da carceragem é precário”, disse o advogado da jovem, Ariel de Castro Alves.

Segundo o registro da polícia, Jéssica foi detida com quatro porções de maconha escondidas dentro do sutiã, além de outros 23 pacotinhos que, de acordo com as autoridades, ela teria jogado fora antes da abordagem.

Na audiência de custódia, realizada no domingo (11), o juiz Claudio Salvetti D’Angelo determinou prisão preventiva e afirmou que Jéssica é uma “personalidade dotada de acentuada periculosidade”.

No entanto, o advogado de Jéssica pede para que a jovem cumpra a pena em prisão domiciliar, já que foi presa com maconha e não tem nenhum antecedente criminal.

A jovem deixou a cela que estava nesta quarta-feira (14) e foi levada para a Penitenciária Feminina de Santana, onde ficará no berçário.