Quem são os deputados que perderam o mandato hoje

Três dos nove deputados federais condenados no mensalão que ainda estão na Câmara não poderão prosseguir nos mandatos, decidiu o STF. Se José Genoino assumir como suplente em janeiro, o número chegará a quatro

São Paulo – Dos 9 deputados condenados no julgamento do mensalão, três ainda estão na Câmara.

Em placar apertado, o Supremo Tribunal Federal decidiu hoje que esses terão de deixar a Casa do Povo assim que o processo for concluído. Isto é, quando o acórdão for publicado e todos os recursos estiverem esgotados.

Com isso, perdem os mandatos um deputado do PP, outro do PR e um do PT (clique nas fotos para conferi-los).

O PT, porém, poderá ter mais um representante no grupo cassado, se o ex-presidente do partido, José Genoino, de fato assumir como suplente vaga que será aberta na Câmara em janeiro, como já afirmaram líderes partidários.

Prevendo o cenário desfavorável, o presidente da Câmara, Marco Maia, havia ameaçado na semana passada não cumprir a decisão da mais alta Corte do país. Hoje, recebeu uma reprimenda do decano do STF, Celso de Mello, que afirmou que as leis brasileiras preveem punição para quem não cumpre as decisões do tribunal.

A sessão desta segunda-feira foi a última do mensalão, processo que ocupou a pauta do Supremo por mais de quatro meses.