Quadrilha rende 30 seguranças na USP Leste e rouba 2 caixas

Segundo a PM, os ladrões trancaram os seguranças em uma sala e fugiram depois de concluir o assalto - os próprios funcionários teriam chamado a polícia ao serem soltos

São Paulo – Um grupo com cerca de 10 homens armados invadiu o câmpus da USP Leste no início da madrugada desta quarta-feira, 22, fez 30 vigias e guardas universitários reféns e roubou dois caixas eletrônicos localizados no prédio do ciclo básico da Escola de Artes Ciências e Humanidades (EACH).

As informações foram passadas pela Polícia Militar e pela assessoria de imprensa da EACH.

Segundo a PM, os ladrões trancaram os seguranças em uma sala e fugiram depois de concluir o assalto – os próprios funcionários teriam chamado a polícia ao serem soltos.

Os bandidos usaram maçaricos para abrir os caixas e ficaram no local por cerca de duas horas. Nenhum aluno estava no câmpus.

A EACH informa que a quadrilha rendeu todos os agentes que estavam trabalhando no turno da noite: primeiro os da base da Guarda Universitária, depois os das três portarias, uma delas na interligação da universidade com a Estação USP Leste da CPTM. Os vigias não andam armados.

Ainda de acordo com o setor de comunicação da EACH, nenhum vigia foi ferido na ação e não foram registrados danos ao patrimônio da universidade. A instituição informa que há câmeras de segurança espalhadas pelo câmpus, mas não no local onde estão os caixas roubados. O caso foi registrado no 24º DP (Ponte Rasa) e as aulas não foram interrompidas por causa do assalto.