PV diz que apoio a Aécio será crítico e independente

Em documento, o partido faz uma comparação dos dois candidatos - Dilma Rousseff e Aécio Neves - e destaca temas que são importantes para o partido

Brasília – O apoio do Partido Verde (PV) ao candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, será “crítico e independente”. “Crítico, pois continuaremos sem qualquer recuo com as nossas bandeiras que não forem acolhidas por este candidato. Independente, pois nada pediremos em troca do nosso apoio”, diz o documento divulgado pelo PV.

No documento, o partido faz uma comparação dos dois candidatos – Dilma Rousseff (PT) e Aécio – e destaca temas que são importantes para o partido, avaliando quem se aproxima mais dos pontos defendidos pelo Partido Verde.

“Os dois partidos em disputa governam o Brasil há 20 anos. Possuem méritos que temos a tranquilidade de reconhecer, como também limitações e erros graves que apontamos nos últimos meses”, diz o partido no documento.

Após a comparação entre os programas de Dilma e Aécio, o PV ainda destaca que os dois candidatos “são igualmente deficitários e devedores nas políticas que o PV agrupa no capítulo Cultura de Paz”.

Mas reconhece também que “na questão da inclusão social são semelhantes e compatíveis” com as ideias do partido.

A avaliação feita foi de que “nas questões democráticas de conformação da federação e da profissionalização dos serviços públicos e empresas estatais, o campo de Dilma deixou muito a desejar no último período de governo”.

“Com esse conjunto de comparações, o PV, respeitando os méritos, limitações e deficiências que existem nos dois campos em luta no segundo turno, decide pelo apoio crítico e independente ao candidato Aécio Neves”, diz a nota do PV.

A legenda destaca na nota que a posição de neutralidade, neste momento, “não é aceitável”.

“No segundo turno, que vai decidir os rumos do Brasil nos próximos anos, não podemos nos omitir.”