PT apresenta a Lula balanço otimista da campanha

Em São Paulo, o PT apontou a "grande possibilidade" de vitória de Haddad que, nas últimas pesquisas, apareceu em terceiro lugar

São Paulo – A comissão de acompanhamento eleitoral do PT, que reúne 18 lideranças do partido, apresentou nesta quarta ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva um quadro otimista da campanha eleitoral nas principais cidades do País.

Na exposição ouvida pelo presidente na sede paulista do PT nacional, no centro de São Paulo, foi apresentado um balanço positivo da campanha e das chances dos candidatos, embora poucos estejam liderando a corrida eleitoral. Em São Paulo, o PT apontou a “grande possibilidade” de vitória de Haddad que, nas últimas pesquisas, apareceu em terceiro lugar, com 8% das intenções de voto, distante dos primeiros colocados.

De acordo com o presidente nacional do PT, Rui Falcão, o balanço mostrado a Lula é real. “A expectativa é de crescimento no País e nas 119 cidades com mais de 150 mil habitantes em que temos 84 candidatos a prefeito, além de candidatos a vice e coligações.”

Ele disse que, em São Paulo, com a entrada do presidente Lula na propaganda da televisão, a expectativa é de que Haddad cresça e chegue ao segundo turno para ganhar a eleição. Segundo Falcão, Lula ficou satisfeito com o desempenho de seu ex-ministro na campanha na TV e até comentou que o candidato já absorveu o estilo do PT.


O balanço incluiu uma avaliação do quadro eleitoral em Osasco, na Grande São Paulo, em que o candidato João Paulo Cunha, réu no processo do mensalão em Brasília, teve a condenação pedida pelo ministro Joaquim Barbosa. De acordo com Falcão, o partido continua confiante na absolvição do acusado. “Não trabalhamos com a hipótese de condenação e vamos aguardar o resultado do julgamento”, disse.

Na visita à sede nacional do PT em São Paulo, o ex-presidente gravou com os candidatos à prefeitura de Salvador, Elmano de Freitas, e de Teresina, Wellington Dias, e se encontrou ainda com a ex-ministra Iriny Lopes, candidata em Vitória. Lula recebeu do PT um manual das candidaturas petistas em todas as cidades com mais de 150 mil habitantes em que o partido disputa as eleições municipais.

Ilustrada com fotos da cidade e do candidato a prefeito, a encadernação traz ainda as candidaturas a vice, as coligações, o tempo de propaganda eleitoral na televisão e, ainda, o resultado do primeiro turno nas eleições de 2008 e 2010. O ex-presidente ganhou ainda um cartão com mensagens dos funcionários e uma camisa do Corinthians com o número 13 nas costas.