PSOL pede cassação contra o vereador Fernando Holiday

O vereador é acusado de divulgar o telefone das vereadoras Sâmia Bomfim e Isa Penna, ambas do PSOL, e incentivar ofensas pelo celular

São Paulo – A bancada do PSOL no Diretório Municipal de São Paulo abriu um pedido de cassação contra o vereador Fernando Holiday, do Democratas.

A sigla acusa o Movimento Brasil Livre (MBL), do qual o vereador é representante, de tornar público o número de telefone das vereadoras Sâmia Bomfim e Isa Penna, ambas do PSOL, e incentivar ofensas pelo celular.

A informação inicial foi publicada pela coluna Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo. Procurada pelo jornal, a assessoria de Holiday negou o envolvimento do parlamentar na divulgação dos telefones e afirmou que o episódio poderia ter sido “montado pelas próprias vereadoras e suas equipes, acostumadas a mentir”.

Veja a íntegra do documento.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Felipe Farias

    Esse Holiday e o pessoal do MBL são um bando de molecões. Absurdo o que fizeram com as vereadoras. Será que elas montaram, também, as milhares de mensagens de agressão que receberam, também?